....................................................................................................................................................................................................

Cuidado!? O Real está de cara nova!!

In Economia, Política on 4 de fevereiro de 2010 at 15:16

     Na tradição econômica do sistema financeiro de nosso impávido colosso país, correm anticorpos que datam das épocas de alta inflação. Quando cinquenta anos em cinco deixaram um legado que obsoleceu o código de barras e transformou a maquininha de remarcação de preços no gadget da moda. Talvez seja por isso todo o frisson que se levantou quando o governo anunciu a mudança das cédulas do Real. Fato compreensível, já que aquele tempo em que a moeda de hoje não era mais a moeda de amanhã, deixaria marcas em qualquer economia de mercado. Porém, muito mais do que qualquer espírito vacinado, essa comoção se deve ao foco discursivo do governo ao apresentar as novas cédulas.

     Há uma preocupação exagerada em fortalecer um pretenso vínculo dessa mudança com a força do Real desde ’94. O próprio ministro Guido Mantega vinculou a idéia de mudar a cara das cédulas à noção de que nada mudou desde a implementação do Plano Real. Daí deve ter surgido essa preocupação do mercado financeiro e dos consumidores, já que foram recordados de Verões passados, quando se você adicionasse mais um zero à sua cedula com uma caneta, não estaria fazendo nada além de atualizar seu valor. Mas as notas novas do nosso (já) velho Real não irão nem adicionar nem subtrair qualquer zero de seus valores. Apesar da impressão que se tem de que mesmo aumentando o salário mínimo, continuamos com dificuldades em saldar nossos compromissos. Mas é bom que as dificuldades continuem as mesmas, podemos realmente nos preocupar se elas aumentarem à despeito do aumento nos salários. Enquanto isso, o goveno faria melhor e evitaria constrangimentos com nossos velhos anticorpos, se simplesmente dissesse o seguinte: estamos mudando as cédulas da mesma forma que alteramos as moedinhas há alguns anos atrás. Tiramos aquelas moedinhas prateadas e sem graça de circulação e colocamos as novas, de cores e tamanhos diferentes. O mesmo vai acontecer com as cédulas. Elas vão ficar mais bonitas, com seus tamanhos diferentes, cores mais vibrantes e novos dispositivos de segurança. Mais melhorias para nosso país cada vez melhor (!?).

     Mesmo assim eu falho miseravelmente em entender a razão em se gastar cerca de 28% a mais do valor das cédulas atuais apenas para criar novas num pretenso ‘padrão internacional’, quase apenas pela segurança e dando este susto no pessoal. Ainda se fosse um modelo infalível de cédula… Mas como eu sou do clube dos otimistas, e prefiro contribuir ao invés de critizar vaziamente, espero que um dia eu chegue a compreender que essas mudanças valeram a pena.

  1. O Brasil como líder do mercosul, não consegue impor seu padrão monetário nem aos nossos hermanos “abastados“ vizinhos( Paraguai, Uruguai e Argentina).
    Mas vai acabar caindo na armadilha da China que quer nos convencer a deixar o uso do dólar como moeda padrão e nos enfiar o seu yhuan nas trocas comerciais.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: